Mais lidas
Share

Hemocentro CG e Campinense Clube realizam Dia do Sangue Rubro-Negro

/
O Hemocentro Regional de Campina Grande e o Campinense Clube, por meio de uma de suas torcidas organizadas, a Garra Rubro-Negra, realizam nesta quinta-feira (26) o “Dia do Sangue Rubro-Negro”, que pretende mobilizar os torcedores do time para doação de sangue. A campanha será realizada das 8h às 16h, na Praça da Bandeira, no centro de Campina Grande.
De acordo com o presidente da torcida Garra Rubro-Negra, Gleryston Matheus Costa, todos os torcedores do Campinense estão sendo convidados a aderir à campanha e contribuir com o aumento do estoque do banco de sangue do Hemocentro. “Estamos realizando essas ações sociais para mudar a visão que algumas pessoas têm em relação a torcidas organizadas”, explicou o presidente da torcida, que tem apenas seis meses de existência.
Para incentivar ainda mais os torcedores a colaborar com o estoque de sangue do Hemocentro de Campina Grande, serão sorteados alguns brindes entre os doadores, entre eles, uma camisa oficial do Campinense Clube e dois pacotes de seis meses na Academia Korpus. A iniciativa do Dia do Sangue Rubro-Negro é da Garra, mas os integrantes da torcida esperam contar também com a solidariedade de outros torcedores do Campinense, sejam eles integrantes de torcidas organizadas ou não.
Além da coleta de sangue, durante o Dia do Sangue Rubro-Negro também será feito o cadastramento de doadores de medula óssea. Entre os incentivadores estará o pai de Diego Raposo, de 11 anos, portador de leucemia e que é torcedor do Campinense Clube. O menino, que está em tratamento em outra cidade, necessita urgentemente de um transplante e como nenhum parente foi identificado como compatível, o pai espera que, dentre os torcedores do Campinense, apareça algum compatível.
Para se cadastrar como doador de medula óssea é necessária apenas a retirada de 5 ml do sangue, feita no mesmo momento da doação e o preenchimento de um formulário com dados pessoais. Neste caso, o doador, que tem que ser maior de idade, passa a fazer parte do Registro Nacional dos Doadores de Medula Óssea (Redome), no qual são cruzados os dados de doadores e possíveis receptores para verificar a compatibilidade. A probabilidade de encontrar um doador compatível dentro do país é de um em cada cem mil.
A diretora geral do Hemocentro Regional de Campina Grande, Marisa Agra, parabenizou a torcida Garra Rubro-Negra pela iniciativa tão importante. Na próxima quinta-feira, tenho certeza que teremos uma grande comemoração, unindo a festa dos torcedores ao ato de ajudar a salvar vidas, disse ela, acreditando que outros torcedores também estarão aderindo ao Dia do Sangue Rubro-Negro.
QUEM PODE DOAR – Para doar sangue, basta ter entre 16 e 69 anos e, no caso de ser menor de idade, ter autorização dos pais ou responsáveis legais; apresentar documento original com foto; pesar acima de 50 kg; estar em boas condições de saúde; não precisa estar em jejum; precisa estar descansado e ter dormido normalmente nas últimas 24 horas; caso vá doar após o almoço é necessário aguardar pelo menos duas horas; evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação.
Fonte: Site oficial do Governo da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Blog do Campinense não tem qualquer vínculo com o site oficial do Campinense Clube.

Em postagens antigas, é possível haver erros de português e digitação. Pedimos desculpas, mas não tem como corrigir tantas postagens. Caso você perceba algum, por favor comente e corrigiremos o mais rápido possível.

Seja sócio da Raposa

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades