Mais lidas
Share

Em jogo tenso, Campinense e Bahia ficam no empate



Em um jogo quente e tumultuado, principalmente na etapa inicial, Campinense e Bahia não saíram do 0 a 0 na noite desta quarta-feira (25), no Estádio Amigão, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste.

O resultado pode ser considerado bom para a Raposa, que vai decidir em Salvador, sábado, às 16h, jogando até por um novo empate, só que com gols. Se repetindo o placar em branco, a decisão vai para os pênaltis.

A partida começou com o Bahia em cima, pressionando os paraibanos. Aos 5, Max Biancucchi recebeu cruzamento de Kieza, dentro da área e bateu forte de canhota, acertando o travessão de Glédson.

No minuto 14, um lance que revoltou os raposeiros, dentro e fora de campo. Alvinho foi lançado na direita, girou sobre Patrick e foi derrubado com um carrinho por trás.

O jogador raposeiro acabou deixando o campo com suspeita de fratura na tíbia e no perônio, informação confirmada ainda durante o jogo pelo médico Aristoteles de Queiroz.

O clima esquentou de vez. Isso porque a torcida se revoltou contra o lateral Patrick, que foi imediatamente substituído pelo técnico Sérgio Soares.

Na saída do baiano, membros da comissão técnica da Raposa partiram para cima do adversário e se iniciou o tumulto.

Após quase 15 minutos de paralisação, a bola voltou a rolar.

Segundo tempo

O Campinense voltou para a etapa complementar com mais posse de bola, mas não conseguia traduzir em perigo para o Bahia.

Por sua vez, o time visitante explorava o contragolpe, porém sem tanta inspiração do trio Kieza, Biancucchi e Léo Gamalho.

O jogo ficou frio e o placar não saiu do zero.

Ficha técnica
Campinense 0 x 0 Bahia
Data: 25/03/2015 - 22h
Local: Estádio Amigão / Campina Grande
Competição: Copa do Nordeste 2015 / Quartas de final (jogo de ida)
Público:  7.563 pessoas (7.047 pagantes e 516 Não pagantes)
Renda: R$ 84.650,00
Arbitragem: Francisco Carlos do Nascimento (ESP-1/Alagoas); Otávio Correia de Araújo Neto (CBF-1/Alagoas) e Luis Carlos Câmara Bezerra (CBF-1/Rio Grande do Norte)
Cartões amarelos: Jefferson Recife, Paulinho (CC); Patrick, Kieza, Tony (Bahia)

Campinense: Glédson, Leyrielton (Edy), Gabriel Valongo, Jairo e Jefferson Recife; Neto, Leandro Santos, Leandro Sobral (Paulinho) e Luiz Fernando; Felipe Alves e Alvinho (Reginaldo Júnior). Técnico: Francisco Diá.

Bahia: Douglas Pires, Tony, Tales, Titi e Patrick (Bruno Paulista); Pitoni, Sousa e Tiago Real; Max Biancucchi (Tchô), Kieza e Léo Gamalho (William Santana). Técnico: Sérgio Soares.

Fonte: ParaíbaOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Blog do Campinense não tem qualquer vínculo com o site oficial do Campinense Clube.

Em postagens antigas, é possível haver erros de português e digitação. Pedimos desculpas, mas não tem como corrigir tantas postagens. Caso você perceba algum, por favor comente e corrigiremos o mais rápido possível.

Seja sócio da Raposa

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades