Mais lidas
Share

Definidas as datas da segunda fase do Paraibano

O já confuso regulamento do Campeonato Paraibano 2016 provocou mais uma contenda entre cartolas nesta segunda-feira (28), quando os dirigentes se reuniram na sede da FPF, em João Pessoa, para discutir as datas do mata-mata da competição.
Representantes de Campinense x Treze, Botafogo-PB x Sousa e Paraíba x CSP (os três confrontos dessa segunda fase) definiram com o presidente da entidade, Amadeu Rodrigues, que os jogos de ida e volta aconteceram nos dias 10 e 24 de abril, respectivamente.
Já as duas rodadas da semifinal ficaram agendadas para os dias 4 e 8 de maio, enquanto a decisão do Paraibano acontecerá em dois jogos nos dias 11 e 15 de maio.
O quadrangular da morte, envolvendo Auto Esporte, Atlético de Cajazeiras, Esporte de Patos eSanta Cruz-PB, começa no próximo domingo, com as rodadas seguintes nos dias 6, 10, 13, 17 e 20 de abril.
Polêmica
A confusão começou quando o presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, abandonou a reunião alegando que “querem assaltar o campeonato”.
A razão da indignação do dirigente sertanejo atende pelo nome de Breno Morais, vice-presidente de futebol do Botafogo-PB, adversário do Dinossauro.
O “manda-chuva” do Belo se apega ao artigo 11 do regulamento, que em sua redação não considera o saldo de gols dos dois jogos do mata-mata como critério de desempate.
Pelo que diz o artigo, na interpretação botafoguense, em caso de vitória em um dos jogos, os times que trouxeram da fase classificatória a vantagem de decidir em casa passariam de fase independente do placar do outro jogo.
Por exemplo: Campinense, Bota-PB e Paraíba podem perder o primeiro jogo de 10 a 0, mas se vencerem a partida de volta por 1 a 0, como vão empatar em número de pontos na fase com seus adversários, estariam classificados.
– Nesta fase, os clubes jogarão entre si, dentro de seus respectivos grupos, e os clubes de melhores índices técnicos da fase anterior (1ª fase), jogarão por dois resultados iguais em pontos ganho, prevalecendo o direito de jogar a segunda partida como mandante – versa o artigo 11, referindo à segunda fase (ou o primeiro mata-mata).
Para rebater a tese do dirigente do Belo, o presidente do Sousa se baseia no artigo 14 do regulamento.
Esse trecho diz o seguinte: “Em caso de empate em pontos ganhos entre dois ou mais clubes após os jogos de ida e volta, em todas as fases, os critérios de desempate dar-se-ão de acordo com a ordem abaixo: 1º. maior número de vitórias; 2º. maior saldo de gols; 3º. maior número de gols assinalados; 4º. confronto direto na fase; 5º. menor número de cartões vermelhos recebidos; 6º. menor número de cartões amarelos recebidos e 7º. sorteio na Sede da FPF”.
– Em qualquer campeonato do mundo, da Champions League até a Copa do Brasil, os critérios de desempate em jogos de mata-mata são conhecidos. O artigo 14 é claro quanto a esses critérios. Querem assaltar o campeonato. Eu gosto de ganhar dentro de campo. Quem for melhor se classifica. Agora ficar procurando filigranas no regulamento é muito feio – desabafou Aldeone.
O presidente da Federação, Amadeu Rodrigues, baseando-se no artigo 40 do regulamento, deixou para esta terça-feira a decisão sobre essa contenda entre dirigentes de Botafogo-PB e Sousa.

Fonte: ParaíbaOnline

Um comentário:

O Blog do Campinense não tem qualquer vínculo com o site oficial do Campinense Clube.

Em postagens antigas, é possível haver erros de português e digitação. Pedimos desculpas, mas não tem como corrigir tantas postagens. Caso você perceba algum, por favor comente e corrigiremos o mais rápido possível.

Seja sócio da Raposa

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades