Mais lidas
Share

Julgamento não terminou, porém, o Campinense continua no Paraibano 2016


 A sessão começou com o relator do processo elogiando a evocação do processo para o STJD. Seguido do advogado do Treze, Mario Bitencourt, que pediu claramente a exclusão do Campinense Clube no campeonato Paraibano. Logo após, o diretor jurídico da FPF, Marcos Souto Maior e o advogado do Campinense, Oswaldo Sestário, que defenderam a continuidade do campeonato, e a ilegalidade do pedido do Treze, alegando a sua candência.

 O Procurador do STJD, Paulo Schimitt, fez duras críticas a ação do Treze contra o Campinense, visando a sua ilegalidade e oportunismo. Assim, deu seguimento a votação dos demais membros, onde três dos auditores, pediram vistas, alegando a complexidade do processo.

 O Campinense já tinha 4 (quatro) votos a favor, e por isso, o STJD decidiu liberar a continuidade do campeonato Paraibano, e um novo julgamento em, no mínimo, 15 (quinze) dias. Fato que animou os representantes de Campinense e FPF no Rio de Janeiro.
 
 A data dos jogos de ida e volta da semifinal do campeonato paraibano deve ser divulgada ainda hoje pela FPF.
 

Ygor Rezende

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Blog do Campinense não tem qualquer vínculo com o site oficial do Campinense Clube.

Em postagens antigas, é possível haver erros de português e digitação. Pedimos desculpas, mas não tem como corrigir tantas postagens. Caso você perceba algum, por favor comente e corrigiremos o mais rápido possível.

Seja sócio da Raposa

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades